arteterapia

Eu e meu encontro com a vida através da TRF

Publicado em 25/01/2016 • Coluna

Por Adrianna da Fonte

Sempre fui artista desde que nasci. Desenhava como uma doida antes mesmo de começar a escrever. Mas na hora de escolher a profissão, escolhi Psicologia e terminei, lógico, me especializando em arteterapia. Passei anos encantada com essa prática que me levou a experienciar ser terapeuta de uma forma bem livre e mágica.

De repente faltava algo.

E como naqueles golpes do destino me vi diante da Transmissão do Retorno à Fonte.

Em pouco tempo formei um grupo de pessoas interessadas no curso e trouxemos o Serafim Vieira da Ilha da Madeira para Recife.

Não sei descrever a repercussão que isso teve na minha vida numa fração de segundos. Eu chorava feito uma bocó nos 3 dias do curso. Eu reconhecia silenciosamente o que aquela energia me dizia. Minhas células diziam baixinho: isso, por aqui, por aqui, querida menina…

Eu ia.

E via.

As coisas acontecendo dentro e fora de mim. Curas em todos os sentidos. Físico, mental, espiritual, emocional…

O mundo “invisível” se abria como uma flor pra mim…Eu me abria como uma flor para o mundo “invisível”…

O que faz a TRF?

Ela traz um silêncio. Um encontro amoroso.

Você e você.

Chamamos a energia da Fonte, do Criador para esta realidade física. E a função do terapeuta é testemunhar e sentir fisicamente esta energia nas mãos. Quando ela é testemunhada ela passa a existir. Esse é o princípio.

E ali deixamos que a natureza de todas as coisas guie a cura.

Para onde vai a energia em cada sessão?

Para onde o Criador e a Criatura (quem está recebendo) decidirem.

O terapeuta é o vórtice de energia que possibilita que o portal que une todas as dimensões se abra.

E o milagre passa a ser cotidiano.

A TRF não é uma técnica de cura pois não tem um passo a passo a ser seguido. É algo 100% intuído.

Ela é um processo de auto-amor.

Ela altera a frequência vibratória e nos leva naturalmente de volta a paz que somos.

Ela cura, acalma, rejuvenesce, liberta, alegra, silencia, embeleza… e tudo mais que você desejar.

A TRF pra mim foi o ponto que me ligou a todas as possibilidades. Foi o que abriu a janela do ilimitado, do infinito.

A sessão dura 30 minutos, deitada ou sentada, recebendo um banho de amor.

Nada é dito e tudo é sentido.

Um dia voltei de viagem e me vi diante de um folder da Ariana falando do curso do ThetaHealing DNA Básico. O coração pulou.

Fui.

E pra minha delícia descobri que além de chamar a energia da Fonte, a gente pode ir lá e reprogramar e refazer e reinventar e relaxar…

Pronto!

Agora não me falta mais nada!!

adrianna-da-fonte

 

Adrianna da Fonte é terapeuta de Transmissão do Retorno à Fonte (TRF), terapeuta de Thetahealing, terapeuta floral, reiki, Ho’oponopono, desenhista, pintora de mandala intuitiva, arteterapeuta, mãe, dona de casa, esposa, irmã e filha. Curiosa em tempo integral.  Contato aqui.

 

Arte daqui.



Escreva seu comentário

* Campos obrigatórios