reclamar-energia

A arte de não reclamar

Publicado em 13/01/2016 • Comportamento

É um padrão. A gente sempre tá reclamando de algo. Tem momentos que a gente tá tão insuportável de reclamar da vida que nem aguenta a gente mesmo, já viram? Eu já: eu. Sim, gente, de alguma forma, todos passamos por isso porque aprender é fundamental. Inclusive aprender a desaprender certas coisas. Desaprender a reclamar, por exemplo, traz inúmeros benefícios.

Vou dar um exemplo: Se você perder uma festa que queria muito ir, vai adiantar de que reclamar disso a semana inteira? Você só vai se estressar e gastar energia. Entendeu? É difícil? É. Mas tudo é questão de treinar como ser alguém um pouco melhor que ontem.

Ao longo da vida, eu aprendi que não adianta entrar em determinadas polêmicas, estados de choque, negações, vitimismos. Tudo fomos nós quem criamos, de alguma maneira, e se colocar no papel de pobre coitado, apontando o dedo pro chefe, pro mercado, pra mãe, pra deus não adianta de nada. Somos nós quem criamos a nossa própria realidade. E se ela não está boa, devemos agir, principalmente em nós mesmos. Mesmo que isso envolva a coletividade (e envolve sempre).

Existem inúmeras energias envolvidas, por isso, temos que saber quais são as nossas reais crenças. Será que na minha família existe algum padrão de sofrimento ou de escassez que me impede de ir adiante, de abundar? Será que não existe um boicote da própria consciência escondida falando: olha, você não pode, você não merece, é feio, você não é bom, pare!

Gente, a abundância divina é SEM LIMITE. Nós é que limitamos a nós mesmos. Você realmente acha que um Criador bondoso e amoroso seria capaz de causar algum mal a nós mesmos? Não, de maneira nenhuma! Nós que nos ferimos e atraímos coisas negativas. E reclamar é um dos caminhos de baixa vibração energética.

reclamar-energiaVamos lá, então, começar a mudar este padrão?

Tem outra coisa pra falar. Quando alguma coisa incomoda tanto tanto tanto é sinal que estamos resistindo. Sabe gato tacando a unha na parede para não sair do canto? Pronto, é a gente. É desafiador quando nos são dadas questões que precisamos enfrentar e não conseguimos sozinhos. Dá medo, pânico, irritação, você reclama e pronto, fica firula da vida. Mas essa situação é justamente aquela que precisamos aprender a reconstruir. Não é pessoal, é a oportunidade que o universo está mostrando para a gente se mexer.

Aliás: nunca é pessoal.

Então, dito isto, vamos às dicas práticas:

  1. Não reclamar, mas tomar atitudes, plantar novas sementes
  2. Ser positivo
  3. Ver o lado bom ou o lado do aprendizado
  4. Não entrar em polêmica, as coisas são o que são
  5. Fé. A abundância está aí pra gente
  6. Deixar ir e vir o que tem que fluir
  7. Falar com o coração e não com a mente egoíca
  8. Procurar prazer nas pequenas coisas
  9. Agradecer de coração. Gratidão imensa a tudo.
  10. Saber que você não precisa estar no controle das situações e dos outros

Obviamente, algumas situações precisam de uma leitura energética mais profunda para que curas e crenças sejam liberadas à luz. Mas, saiba sempre em seu coração que o universo é perfeito e que você pode tudo. Combinado?

Eu consegui? Ainda não. Reclamo demais. Mas estou aprendendo a trabalhar mais nisso, especialmente nas expectativas que eu criei e que alimentei. Nas ideias controladoras e nas irritações íntimas. Com fé, trabalho e gratidão estou cada dia melhor. :D



Escreva seu comentário

* Campos obrigatórios