eva

Segunda edição do Eva Livre abre inscrições para terapeutas solidários

Publicado em 05/01/2017 • Eva Livre

Com o objetivo de reunir terapeutas holísticos para mais uma semana Eva Livre, estão abertas inscrições para os profissionais que quiserem se escalar para atender durante o evento, de maneira solidária. A semana Eva Livre está agendada para acontecer de 6 a 12 de março deste ano. Para se inscrever o terapeuta somente precisa preencher o formulário no link ao final deste post, dando as informações sobre o seu atendimento e eventos. No mês de fevereiro serão divulgados todos os atendimentos solidários nos principais portais da cidade.

O Eva Livre é um movimento criado no Recife pelas terapeutas Ariana Borges e Camila Ribas que visa oferecer a valores acessíveis ou de forma gratuita, diversos tipos de tratamentos terapêuticos energéticos para quem precisa e não tem como pagar. É um movimento de cura e reintegração do feminino, cuja ideia é tornar a vida de todos – mulheres e homens – mais plena, com mais amor, estima e consciência por si mesmos, retirando dos mesmos  padrões energéticos e crenças que coloquem as pessoas em situação vibracional de violência, medo, trauma e insegurança, além de curar traumas e histórias de vida complicadas. Muitas mulheres são vítimas, ao longo da vida, dos próprios pais, maridos, namorados. Traumas são gerados a partir de abusos emocionais, físicos e, enfim, é preciso cuidar e acolhê-las no sentido de curá-las de tantas dores.

Na edição experimental do Eva Livre (2016), foram oferecidos por 25 terapeutas atendimentos solidários durante a semana de 26 de setembro a 1º de outubro, sendo cerca de cinco mulheres atendidas por cada um deles. Além disso, eventos, vivências e encontros em grupo também foram realizados. Estima-se que 250 pessoas tenham sido beneficiadas diretamente.

Outras técnicas, ainda não tão conhecidas, fazem parte deste processo de cura que estamos vivenciando. De modo geral, no Recife, já são, pelo menos, 30 tipos de terapia energética disponíveis: reiki, florais, yoga, barras de access, constelação familiar, magnified healing, shiatsu, massagem ayurvédica, leitura de aura, thetahealing, barras de access, terapia do renascimento, frequências de brilho, meditação, maná, constelação, etc.
Este ano, novidades serão implementadas. O terapeuta poderá cobrar por atendimento ou por participação em eventos entre R$ 15 e R$ 45. Já a marca Eva Livre só poderá ser utilizada para divulgar eventos e atendimentos que aconteçam entre 6 e 12 de março.

Preencha o formulário  para participar da segunda Edição, clique aqui

 



Escreva seu comentário

* Campos obrigatórios