coaching-valquiria

Como o Coaching mudou minha vida

Publicado em 11/08/2016 • Coaching

Regina Miranda, Coach que vocês já conhecem, trouxe uma história bem bacana pra gente. Ela conta que tudo começou com uma visita de amiga que recebe a outra em sua casa num outro país. Muitos planos para revisitar Berlim, rever Valquíria e seu marido, conhecer novos lugares e uma nova Berlim, com a visão de quem vive lá. Ao chegar foi tudo maravilhoso: a recepção, o carinho, a felicidade. Mas tinha algo que não ia muito bem, aliás, alguém não ia muito bem. Começaram a conversar informalmente e logo Regina percebeu que o Coaching poderia ajudar Val no seu momento de vida.

Rapidamente explicou o que é Coaching para Val e viu seus olhos brilharem! “É como se uma luz acendesse em sua vida. Fizemos uma sessão inicial presencial, e continuamos as demais sessões via Skype. Para mim como profissional dessa área foi uma oportunidade muito boa para vivenciar o processo a distância e quebrar algumas crenças que tinha a respeito de uma sessão não ser presencial. Funciona, e funciona mesmo! Tanto que o processo de Val foi um sucesso. E a maior gratificação que obtive foi poder participar do desenvolvimento de alguém tão especial, alguém mais próximo, alguém que cruzou minha há alguns anos e pessoa maravilhosa, super alegre, de bem com a vida. Porém, naquele dia, não foi essa Val que vi.”.

Valquíria, brasileira, se mudou para Berlim (Alemanha), junto com o esposo – que recebeu uma proposta de trabalho naquele país em 2014. Para ela, era tudo muito mágico, tudo diferente, mas a adaptação também não era tão simples quanto parecia ser. Não trabalhar, não ter um pingo de Recife na nova vida doía. “Família, amigos, pessoas… Preciso de gente pra me sentir parte, sabe?”, falou Val pra gente.

Passada a fase mágica, os problemas surgiram: o idioma capengava, não conseguia trabalhar, passou a desacreditar-se e, enfim, a solidão a engoliu. “Me fechei totalmente para o mundo físico e minha espiritualidade estava pesada demais. Tudo isso afetou muito meu casamento também. Essa foi a minha Era das Trevas.”

WP_20151029_11_12_14_ProQuando Regina começou o processo de Coaching com ela, havia muita resistência interna em morar em Berlin, resistência com o idioma, mostrava falta de energia para ir atrás das coisas, ou seja, muito desmotivada. Seus dias eram frequentemente mergulhados em indisposição, preguiça e baixo ânimo, chegando a duvidar de sua própria capacidade. “Essa realmente não era a Valquiria que eu conhecia”. Como não falava inglês bem e muito menos alemão, não tinha como conseguir um emprego de imediato. Então o início para ela foi muito solitário e difícil em casa e estudando, sem muitos amigos, e essa falta de contato com pessoas afetava muito seu estado emocional. Até existia vontade de contribuir socialmente com algum trabalho voluntário, mas faltava motivação.

Entre seus valores estão: plenitude e energia para saúde, autoestima e desenvolvimento no âmbito profissional, independência e segurança no aspecto financeiro. Temporariamente sem profissão (até que se sentisse segura com o idioma), sem contato com mais pessoas (o idioma limitava e os amigos do Brasil o fuso horário não ajudava muito), com a saúde física e emocional sendo abalada, tudo contribuía para seu estado emocional. Daí o objetivo do seu processo de Coaching foi elevar a autoestima e autoconfiança.

Juntas, elas trabalharam sonhos, planos futuros, necessidades, trabalhar para alterar as vozes internas que a limitavam ou paralisavam, exercitar práticas de gratidão, exercitar meditação, identificar coisas na sua vida que são prejudiciais, identificar coisas na vida que lhe fazem bem. Tudo para proporcionar uma bagagem para que ela conseguisse elevar a autoestima e confiança.

As sessões eram feitas toda semana, online, e duravam mais de uma hora, onde havia amadurecimento das ideias, argumentos, abordagens e também várias atividades extras para serem feitas em casa. Nove sessões depois, tudo mudou. “Voltei a ser a Val que eu mesma conhecia: Feliz, com vontade, garra, energia, amor pelo meu amor e amor pela minha vida… Acreditei que era possível realizar o que eu queria, manter meus planos ou adaptá-los para realizá-los de uma forma mais tranquila. O processo de Coaching vive em mim. Me motiva a buscar e a saber que essa Val é e pode ser o que quiser…”, diz a “nova” Valquíria.

 

foto-ReginaMirandaRegina Miranda é apaixonada pela área de autoconhecimento e autodesenvolvimento, atua como Coach com especialização e certificação internacional em Coaching Pessoal e Profissional, Coaching Ericksoniano e Coaching Generativo. É terapeuta de PSYCH-K, ThetaHealing e Reiki. Estudante de formação da metodologia Pathwork de autoconhecimento. Atendimentos presencial (Campo Grande – Recife) e à distância (via Skype).

Contato >> (81) 99638-2070 | contato@reginamiranda.com.br | http://reginamiranda.com.br/portfolio/coaching/



Escreva seu comentário

* Campos obrigatórios